Cuidados ao investir em marketing de varejo envolvem diversos aspectos internos e externos da empresa.  

Quando falamos de marketing, é imprescindível ter cuidados ao investir. Muitas equipes internas têm dificuldade em saber como investir, por onde começar e quanto investir.   

De modo geral, estima-se que o investimento em marketing deva girar em torno de 3 a 10% do faturamento da empresa – esta porcentagem pode variar de acordo com a maturidade, o fluxo de caixa e os objetivos de cada negócio. Porém, infelizmente, o investimento em marketing de varejo, hoje, ainda é menor do que 1%.  

Por isso, listei 5 dicas de cuidados ao investir em marketing de varejo para que, no momento certo, você saiba o que fazer. Anote:   

Saiba como e onde investir   

Os custos com marketing nada mais são do que um investimento. Um investimento, naturalmente, pressupõe um retorno. Mas para que ele aconteça de forma efetiva, é preciso que você saiba como e onde investir.   

Para isso, você deve olhar primeiramente para dentro da sua própria equipe. Saiba o fluxo de caixa e os recursos disponíveis para realizar investimentos neste momento. Se for constatado que você realmente tem verbas para investir, comece a cotar as melhores formas de fazer isso utilizando-se do marketing.   

Como é um investimento, considere que o marketing é muito mais do que uma divulgação ou comunicação. Ele deve ter toda uma estratégia, de forma que possa trazer retornos significativos para aquilo que você investiu. Criar métricas e metas diárias para a equipe interna pode ajudar bastante.    

Aproxime o marketing da equipe de vendas   

Um dos cuidados ao investir em marketing de varejo que também precisa ser observado é em relação a equipe de vendas. Não adianta investir em marketing, gerar interesse por parte do público e realmente ter pessoas interessadas no seu produto, se elas não efetivarem a compra.  

Por isso, mantenha sempre próximas as equipes de marketing e vendas, sejam elas internas ou externas. Desta forma, ambos trabalham juntos, entendem a jornada do consumidor e qual a melhor forma de abordá-lo em diferentes etapas. Esses departamentos devem “trocar figurinhas” e experiências, o que é bastante positivo.   

Tenha um bom planejamento   

Investir sem um bom planejamento é correr o risco de perder esse investimento. Toda a estratégia precisa ser embasada e planejada, de forma que tenha um objetivo e um plano de ação.   

Para isso, é importante que a empresa conte com uma agência especialista em varejo, principalmente se falamos de mídia offline, onde os valores de investimento são ainda maiores.   

Crie um plano de marketing com estratégias pensadas a curto prazo, porque o varejo trabalha com agilidade e metas agressivas. Tenha cronogramas bem definidos, estratégias e abordagens para todos os elementos da campanha, ainda mais se houver mais de uma mídia utilizada.   

Acompanhe seu mercado   

Profissionais de marketing devem saber o que acontece no mercado, principalmente neste segmento em que as mudanças acontecem o tempo todo. Ao manter-se atualizado sobre o que acontece ao seu redor, principalmente com o seu público e seus concorrentes, você consegue ter um direcionamento maior sobre suas estratégias.    

Além disso, em caso de mudanças e inovações, você não é pego de surpresa. Você pode até utilizar novas ideias para otimizar o andamento das suas campanhas, a partir de observações que fizer no mercado.   

Dê a devida importância para os indicadores de desempenho   

Não menospreze os chamados KPI’s (Key Performance Indicator, ou os famosos Indicadores-Chave de Desempenho), que medem e analisam a performance de cada estratégia. Eles são extremamente importantes para que você saiba se a verba está sendo utilizada de forma correta e mais otimizada possível. No varejo, há 4 maneiras de medir os KPI’s: ticket médio, lucratividade (lucro dividido pelo faturamento), rentabilidade (quanto tempo o capital investido será recuperado) e ROI (Retorno Sobre Investimento).   

Por isso, tome cuidado também com a atualização dos dados e com os cálculos desses indicadores, já que serão eles que vão te guiar na continuidade das suas estratégias de marketing.   

E aí? Vamos investir? 😉   

Ler também:   

Campanha de marketing de varejo: caracterizando o sucesso

Compartilhe!