Merchandising no PDV é utilizado para estimular a compra, ressaltando as informações dos produtos e gerando desejo de compra dos consumidores.

Planejar o seu ponto de vendas é essencial para aumentar seus lucros e gerar ainda mais negócios: o primeiro contato que seu cliente tem com o seu produto é no ponto de vendas.

Em um mercado cheio de opções e de marcas que não param de surgir, garantir que seu produto tenha a atenção necessária do consumidor é o primeiro passo para fechar a venda.

Além disso, o merchandising no PDV pode alavancar as suas vendas em cross merchandising, aumentando a margem de lucro com a venda de produtos que se complementam.

Conheça agora como o merchandising no PDV pode ajudar nas suas vendas e os melhores locais e práticas para aproveitar ao máximo as oportunidades.

Em quais locais da loja devo aplicar o merchandising no PDV?

Desde o momento no qual o consumidor entra no seu PDV, já começa o trabalho de visual merchandising.

Existem alguns pontos e cuidados que você deve tomar ao organizar esses espaços.

Marketing Sensorial

Um aroma, uma música ambiente ou mesmo a possibilidade de tocar seu produto; o encantamento do consumidor acontece pelas pequenas ações.

Fazer com que o cliente relacione outras sensações ao seu produto é um dos primeiros passos para fidelizar esse cliente por um longo tempo.

Entrada da loja

O primeiro contato visual do seu cliente dentro da loja é a entrada – e isso  pode se tornar atraente também para quem está apenas “passando”, despertando a vontade de entrar no PDV.

O visual merchandising na entrada pode levar em conta alguns fatores diferentes como sazonalidade ou promoções. O importante é despertar o desejo no consumidor de, pelo menos, ter mais informações sobre o produto.

Gôndolas

São o lugar de honra para qualquer produto. Investir em visual merchandising como estratégia de marketing de varejo é um dos principais pontos para alinhar sua imagem e sua marca à sua persona.

Esse investimento garante, também, a identidade visual da sua marca ou produto dentro da loja, reforçando sua presença na mente do consumidor.

Além disso, é necessário utilizar estratégias para estimular as compras por impulso, ou compras relacionadas – cross merchandising.

Boas práticas do merchandising no PDV

Conduzir o consumidor pela loja física

Nos casos em que seu produto está exposto com outras marcas ou concorrentes, é essencial criar caminhos para que o consumidor já chegue até a gôndola à procura do seu produto.

Para isso, invista em identificação visual ao longo do “caminho” do consumidor, garantindo que a sua marca seja lembrada antes mesmo dele chegar até o local da compra.

Criar relacionamento

O relacionamento com o cliente deve ser criado desde o primeiro momento. E esse relacionamento vai além de um bom atendimento: ele reflete a experiência do consumidor como um todo, desde as sensoriais até as emocionais.

Investir em ações que possam despertar sensações ou que possam se relacionar emocionalmente com as pessoas (contando uma história sobre o produto, por exemplo). Essa interação garante “um lugar no coração” do consumidor e fideliza compras futuras.

Cross merchandising

Relacionar produtos durante a compra pode aumentar suas vendas e seus lucros.

O cross merchandising é a exposição de produtos relacionáveis entre si, para que a compra seja naturalmente relacionada pelo consumidor.

No caso de produtos alimentícios, por exemplo, podem ser colocados itens de mesa, como louças e talheres, bebidas, roupa de mesa…

Favoreça produtos que tenham maior margem de lucro nesse momento de compra por impulso. Assim, seus lucros terão um incremento natural, sem a necessidade de elevação de preços.

pilao

O merchandising no PDV é uma das maiores armas para aumentar as conversões de clientes no último momento, ajudando ainda a incrementar os lucros e fidelizar clientes.

Compartilhe esse conteúdo nas redes sociais e ajude outros empreendedores a melhorar as suas vendas e movimentar o mercado.

Compartilhe!